segunda-feira, 29 de abril de 2013

Ilustração: Galinha Carijó


A estória da galinha Carijó, é muito interessante e ilustra uma maravilhosa lição de amor.

Na fazenda de seu Clemente, havia alguns moradores que se davam muito bem. Entre eles, estavam a D. Pata, Medalha (a vaca), Mimoso (o cavalo), Estrela (a ovelha) e Branquinho, um coelho muito esperto. Todos eles no entanto, uma tarde, notaram a falta de uma companheira.

D. Carijó (a galinha). Já havia alguns dias que D. Carijó não saia para passear. Ela estava sempre no seu ninho.

Certo dia, ela ouviu um barulho de cascas quebrando.

E como ficou faceira (alegre) ao ver que dos ovos começaram a sair uns lindos pintinhos, amarelinhos.

D. Carijó então, pôs-se a passear pela fazenda a fim de mostrar os seus filhinhos (os pintinhos) a todos os amigos.


Nesse dia tão feliz para D. Carijó, seu Clemente ouviu um barulho estranho e saiu para ver o que era.

Oh! Que tristeza! Era o fogo da queimada que se alastrava (espalhava) por toda a fazenda.

Apavorado, correu a chamar os criados (empregados): -"João, Pedro, Timóteo, Antônio, venham urgente. Corram, corram!!!"

Começaram a jogar água ao redor da casa, para que o fogo não destruísse a fazenda completamente. 

D. Carijó, também estava aflita, pois precisava salvar seus filhinhos (os pintinhos). Chamou-os então para junto de si.

Quando notou que estava cercada pelo fogo, resolveu protegê-los com suas asas e ficou paradinha, para que os pintinhos não se queimassem.


Ela estava triste, porque um dos seus pintinhos não havia obedecido o seu chamado e não viera esconder-se embaixo de suas asas, por isso, ele morreria queimado.

Quando o fogo passou, seu Clemente saiu para ver o que não havia sido destruído pelo incêndio. E contabilizar os prejuízos.


Achou então, um montinho, que não conseguia entender o que era. Ainda estava fumegando (em brasa). Seu Clemente pegou um vara  e resolveu cutucar o montinho para ver do que se tratava.


Vejam só o que aconteceu! De debaixo do montinho, começaram a sair os pintinhos assustados e tristes, por notarem que sua mãe já não podia correr  com eles pela fazenda.

 
D. Carijó doara a vida para salvá-los! Então seu Clemente com muito carinho recolhe os pintinhos e os levam para a casa da fazenda.
  
Por nós, também houve alguém que deu a sua vida. Jesus, o Filho de deus, veio para salvar-nos; e todos os que ouvirem o seu chamado, sejam eles quem for (cor, raça), serão SALVOS. Jesus morreu para salvar os seus filhos, fazendo um sacrifício total, em nosso favor.

'Jerusalém ... quantas vezes quis eu ajuntar os teus filhos, como a galinha junta os seus pintinhos debaixo das suas asas, e tu não quiseste!' (Lc 13.31-35)

Fonte: Internet