sexta-feira, 14 de junho de 2013

Ilustração: A JOANINHA SEM PINTINHAS.

Era uma vez um casal de joaninhas que tiveram uma linda joaninha. Eles colocaram o nome dela de Charlote.

Charlote cresceu num lindo jardim cheio de plantas, flores e  junto com outros insetos, borboletas, centopeias. Charlote era muito feliz porque seus pais a amavam muito e ela tinha muitos amigos.

Mas a medida que Charlote ia crescendo, os outros insetos foram percebendo que ela era diferente das outras joaninhas... Ela não tinha pintinha.

Charlote ficou muito triste com Deus porque Ele a havia feito diferente das outras joaninhas.

Certa vez, Charlote foi chamar as amigas borboleta e centopeia para brincar no jardim e percebeu que outras joaninhas estavam falando dela. De repente, as  joaninhas fofoqueiras apontaram o dedo para joaninha sem pintinha e começaram a rir dela.

Charlote ficou tão triste, mas tão triste, que começou a chorar. Suas amigas borboleta e centopeia tentaram consolá-la dizendo que não era para ela dar ouvidos para aquelas joaninhas fofoqueiras. Mas não tinha jeito: Charlote não parava de chorar. Ela chorava e dizia assim: Buá, porque Deus não me ama, porque Ele me fez assim sem pintinha! Porque eu tenho que ser diferente das outras joaninhas! E foi correndo para casa.

Charlote entrou em casa aos prantos, chorando desesperadamente e dizendo que Deus devia odiá-la por ter feito ela diferente das outras joaninhas.

Seus pais então a chamaram para conversar e disseram-lhe que isso não era verdade, que Deus ama toda sua criação, inclusive enviou seu único Filho, Jesus Cristo, para morrer no lugar dos homens para salvá-los do castigo eterno.

No momento que Charlote escutou isso, parou de chorar e perguntou: Como assim papai... Deus enviou seu Filho Único para morrer no lugar do homem? Deus não gostava também do seu Filho? Porque o homem precisa de salvação? E que castigo eterno é esse.

Então o papai joaninha começou a contar-lhe a história...
Filhinha, essa história está escrita na Bíblia e aconteceu há muuuuuuito tempo atrás. A Bíblia diz, que Deus criou o mundo e tudo que existe nele, fez o céu, as estrelas, nos os insetos, os animais, os peixes e o homem. E toda a sua criação vivia num jardim muito bonito como esse que nós moramos. Mas o homem desobedeceu a Deus e por isso Adão, o primeiro homem, e Eva, a primeira mulher, foram expulsos do jardim e ficaram separados de Deus.
Sabe crianças desobediência é pecado. Pecado é tudo que pensamos, falamos, sentimos e fazemos que não agrada a Deus e o castigo para o pecado é ficar separado de Deus para sempre.

Por causa do pecado de Adão e Eva, todos os homens, estão condenados a ficar separados de Deus para sempre.

Mas a Bíblia também diz que Deus ama tanto o homem, mas tanto, que ele providenciou um remédio, uma solução para o pecado.

Jesus Cristo, seu único filho, que também é Deus, foi enviado aqui na terra para ser castigado no lugar do homem.
Deus enviou Jesus em forma de um bebê, que foi crescendo, crescendo e se tornou um homem. Mas Jesus não foi um homem como outros, porque Jesus nunca pecou. Ademais Jesus andava por todos os lugares fazendo o bem a todos, curando os doentes, cuidando das pessoas...

E quando Jesus tinha 33 anos uns homens maus pegaram Jesus e colocaram-no numa cruz. Ele foi pregado lá e ficou até morrer. Na verdade, tudo não passava de um plano de Deus para que Jesus fosse castigado no nosso lugar. Porque quem merecia estar naquela cruz não era Jesus, mas eram todos os homens. Mas Jesus foi crucificado, foi castigado no lugar do homem, para que o homem que cresse nele pudesse se livrar do castigo eterno.

Ah! Papai, que história mais triste! Eu não gosto de história com finais tristes!
Não Charlote! Essa história não teve um final triste, porque ela ainda não acabou!

Jesus morreu e foi sepultado, mas no terceiro dia, ela ressuscitou. Ressuscitar e voltar a viver e Jesus voltou a viver e foi morar no céu ao lado de Deus, onde ele está preparando um lugar para todas as pessoas que crerem nele e O receberem com seu Salvador.

Assim, Charlote, Deus ama tanto o homem, mas tanto, que não poupou seu próprio filho para salvá-lo do castigo eterno, que é ficar separado de Dele para sempre num lugar muito ruim onde só tem choro.

Entendi papai, Deus ama o homem e com certeza me ama também que faço parte da sua criação.
Mas eu ainda tenho uma dúvida? Se porque será que Deus me fez assim?
Filhinha, têm coisas que nós nunca entenderemos, mas a Bíblia diz que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus e com certeza, Deus tem um propósito em ter te criado assim, sem pintinhas.

Charlote voltou a sorrir e nunca mais ficou triste porque não tinha pintinha.

Um dia quando Charlote era adulta, um bando de percevejos atacou o jardim onde ela morava, mas quando o percevejo a viu sem pintinhas foi embora e não a atacou, porque imaginou que ela era uma lagarta vermelha, então Charlote agradeceu a Deus porque não tinha pintinhas e entendeu o propósito de Deus na sua vida.

Fonte: Internet